25/04/2012

[Resenha] Doze Horas de Terror

Autor: Marcos Rey
ISBN: -- Não tem --
Editora: Ática (Coleção Vaga-Lume)
Páginas: 128
Sinopse: Júlio chega na casa do irmão Miguel, encontra o apartamento todo revirado e o telefone toca. Uma voz feminina e desconhecida o alerta para que saia imediatamente. É Ruth, a namorada de Miguel. Ele não conhece ninguém na cidade a não ser o irmão. Ir para onde? A partir daí Júlio e a cunhada vivem doze longas horas de terror pois eles passam a ser perseguidos por perigsoso traficantes de drogas por causa de Miguel que se envolveu com o tráfico de drogas. A cada minuto, qualquer cochilo pode ser fatal.




Esse livro é pequeno, leitura rápida. Mas não deixa de ser bom. Li uma vez quando criança e tornei a lê-lo, pois não me lembrava de nada.
Doze Horas de Terror conta a historia de Júlio, um garoto que vai morar em São Paulo, com o irmão Miguel. E Ruth, a namorada do Miguel.
Certo dia, Júlio chega a casa e a encontra revirada, mas aparentemente, nada foi roubado. Ele então recebe um telefonema de Ruth, que o manda sair de casa imediatamente.
Aos poucos Júlio vai descobrindo coisas sobre seu irmão que ele nem imaginava. Como o fato dele ser um traficante e que resolveu dar um golpe na quadrilha. Miguel deixou uma agenda com Júlio, com os nomes e endereços de todos os traficantes, e por isso a quadrilha a quer de volta.
O livro é cheio de suspense e ação. O final foi uma surpresa, mas não gostei do que aconteceu com Miguel. Ele foi o personagem que mais gostei no livro.
Doze horas de terror é muito bom, mesmo com poucas páginas. A cada linha suspense e alivio se alternam, deixando o leitor preso no livro.

Gostou da resenha? Confira outras resenhas do blog!

8 comentários:

  1. Olá, Marina.
    Parabéns pela resenha. Lembro que logo quando fizemos a parceria eu comentei em uma resenha que faltava um pouco de sua opinião. Agora quero dizer que a cada nova resenha sua opinião fica mais clara. Parabéns. Estou gostando bastante das suas resenhas. Ainda não conhecia este livro. É a primeira resenha que leio a respeito dele. Parece ser legal.

    Mateus Noremberg - Livros Preciosos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que esteja gostando das minhas resenhas. Obrigada pela critica, coisas assim me ajudam a melhorar.

      Excluir
  2. Marcos Rey é maravilhoso! Li quase todos seus livros da Coleção Vagalume, mas por mais estranho que pareça ainda não li esse! Quando era mais jovem eu costumava ficar na minúscula biblioteca escola na hora do recreio e pegava para ler todos os livros que via. E a Coleção Vagalume era minha favorita. Minha meta de vida era ler todos! hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tinha a meta de ler todos eles. Nunca consegui kkkkkk'

      Excluir
  3. desde que a minha professora de redaçao passou um trabalho para ler um filme e fazse a resenha pensei:tem que ser 12 horas de terror o livro e 10,prende o leitor a cada hora,o autor marcos rey soube "prender"o leitor...
    e recomendo para todos os publicos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também recomendo! Esse livro é muiiito bom!

      Excluir

Vai comentar? Lembre-se de seguir algumas regrinhas: nada de arrumar brigas com outras pessoas, e não use palavras de baixo calão! Não diga nada que você não diria para sua avó.

Obrigada pelo comentário, vou retribuí-lo assim que puder. Volte sempre (/◕▽◕。)/