12/03/2013

[Resenha] Angelologia: O Conhecimento dos Anjos - Danielle Trussoni

Autor: Danielle Trussoni
ISBN: 9788560280643
Editora: Suma de Letras
Páginas: 456
Sinopse: No romance de estreia de Danielle Trussoni, best-seller do New York Times, anjos também vivem na Terra e escondem suas asas para não levantar suspeitas. No entanto, sua perfeição imaculada se desfaz quando se apaixonam pelos humanos, seres inferiores. Os descendentes dessa união, os chamados Nefilins, são criaturas híbridas que desejam dominar a humanidade semeando o medo, provocando guerras e se infiltrando nas mais poderosas e influentes famílias da história. Com uma narrativa complexa e inteligente, Angelologia - O Conhecimento dos Anjos consegue fundir elementos bíblicos, míticos e históricos e envolver o leitor da primeira à última página. No livro, a irmã Evangeline era apenas uma menina quando seu pai a entregou à ordem das Irmãs Franciscanas da Perpétua Adoração, ocupantes do Convento de Santa Rosa, em Nova York. Agora, aos 23 anos, ela se vê subitamente jogada no centro de uma batalha pelo poder na Terra que já se estende por milênios. Os protagonistas desse confronto são os Nefilins e a reclusa Sociedade Angelológica, que, com seus conhecimentos ancestrais, parece ser a única capaz de detê-los. Quando Evangeline se envolve no conflito, sua vida é colocada em risco e o apocalipse parece estar próximo. Dos corredores austeros do convento à opulência da Quinta Avenida, de um cemitério em Montparnasse às montanhas da Bulgária, Angelologia - O Conhecimento dos Anjos é uma viagem pelos locais resguardados onde a História da relação entre os seres humanos e os anjos foi mantida a sete chaves.


Diferente de muitos livros sobre anjos que vemos por aí, Angelologia não conta a história de um anjo que se apaixonou por uma humana, e também não é uma história de anjos que só estão aqui para fazer o bem. Os anjos presentes nesse livro não são responsáveis por atos beneficentes, chegando até a ser aterrorizantes.

Os Nefilins (filhos de anjos com humanos) vivem escondidos entre nós. Eles estão em guerra com os Angelólogos  um grupo que estuda os anjos e tenta acabar com a influência deles na Terra. Os Nefilins e os Angelólogos estão em busca da Lira de Orfeu, um instrumento misterioso cuja música pode alterar o funcionamento do mundo como os conhecemos.

A mente e o espírito amadurecem a seu próprio modo e em seu próprio ritmo. Uma música pode ser linda, mas nem todo mundo é capaz de apreciá-la só porque tem orelhas.
pág. 154
A primeira coisa que me vem a mente quando penso em Angelologia é: "inteligente". Danielle foi muito inteligente ao escrever esse livro. A maneira como a história é contada, como as lendas são interligadas (os anjos da Bíblia, dos livros apócrifos, o mito de Orfeu, pessoas reais, etc.) é impressionante! Fiquei impressionada com o modo que as coisas aconteceram, os acontecimentos não são nada previsíveis.

Uma coisa que me agradou muito em Angelologia é que, diferente das histórias de anjos que costumo ler, os anjos não são 100% bondade, pureza e etc. Como já falei ali em cima, os anjos chegam a ser assustadores.

Eu teria gostado mais do livro se da primeira para a segunda parte a narrativa não tivesse mudado. Na segunda parte conhecemos a história de Celestine, uma grande amiga de Gabriella, avó da nossa protagonista Evangeline. O livro começa a ser narrado em primeira pessoa pela própria Celestine, em um tempo muito diferente do que foi apresentado no início. Isso me incomodou porque demorei a acostumar com o que estava acontecendo no flashback.

A esperança, esse anjo eterno e etéreo, em cujas asas voei para encontrar minha desgraçada sina, ainda está mais destroçada.
pág. 202
Angelologia é o primeiro volume de uma série, o segundo volume, Angelopolis, ainda não foi publicado no Brasil.

Links:

Comparar preços
Entre Aspas - Angelologia
(Coluna) Estou Lendo - Angelologia
Resenha no skoob

12 comentários:

  1. Sou apaixonada por anjos. O trágico é que nunca li livros com eles, apenas webs. haha Bem, teve uma por sinal, que eu li e alguns anjos também eram assustadores, e eu amava ela, só que o menino parou de postar "/ Esse livro parece ser bom, vou adicionar aos favoritos aqui. E é tão difícil encontrar livros que surpreendam hoje em dia (pelo menos dos que eu já li). Adorei a indicação. Beijo!

    Carinho.
    Diva Pensante (perfil)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha também gosto de livros nesse tema, são ótimos!

      Excluir
  2. eu nao curto muito livros de anjos, mas esse parece ser legal.
    sei lá, livros de anjos não me atraem sabe
    porém curti a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem como é, tem alguns tipos de livros que não gosto também :)

      Excluir
  3. Olá Marina ^^
    Achei a história legal :) Acho fascinante essa temática de anjos e afins, e por se tratar de uma história diferente das demais fiquei curiosa para ler *-* Com certeza vai para a lista de futuras leituras.
    Beijinhos
    Isabelle - http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você ler não se esqueça de me contar o que achou *-*

      Excluir
  4. Oi!
    Não era interessado nesse livro e agora tendo uma visão mais ampla do que a história aborda, fiquei mais desinteressado.
    Sempre tive aquela imagem de que anjos são bons. Esse novo ponto de vista talvez não me agrade muito.
    Mas foi bom ler sua resenha, saber sua opinião e ter uma visão mais ampla do que o livro aborda.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gosto dessa imagem de anjos bons, mas eu leio muitos livros no tema e as vezes me enjoo disso. Principalmente quando o anjo se apaixona por uma humana e fica aquela melação kkkkk

      É bom saber mais porque assim você não se decepciona né?

      Beijos!

      Excluir
  5. Olá! Quando peguei esse livro em uma livraria, li em cima que se tratava de um "romance", fiquei em dúvida em pegar para comprar, mas então...não tem nenhum personagem que se apaixona? Oo seria bom variar o tema principal ( anjo com humana e blá blá blá) Bjos **)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Natália! Tem alguns personagens que se apaixonam sim, mas não tem romance (ou pelo menos não muito). O tema central não é esse. A palavra romance na capa se refere ao fato do livro ser fictício, porque a Angelologia realmente existe, e para ninguém confundir, colocaram a palavra romance para mostrar que o livro não é cientifico.

      Excluir
  6. Olá :)
    Parabéns pela resenha. Ficou perfeita!!!
    Possuo este livro e é, simplesmente, um dos melhores que tenho! A história é viciante, intrigante e de tirar o fôlego! Sou apaixonado por esta temática e o fato do romance tratar sobre os anjos caídos, mostrando o outro lado dos anjos, deixa-o mais emocionante. É o típico livro que você começa e não quer mais parar de ler <3
    Sabem se o segundo volume já foi lançado no Brasil? Bjs
    Elias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elias tudo bem?

      Fico feliz que tenha gostado da minha resenha 。◕‿◕。

      O segundo livro ainda da série ainda não foi lançado, também estou aguardando ^^

      Excluir

Vai comentar? Lembre-se de seguir algumas regrinhas: nada de arrumar brigas com outras pessoas, e não use palavras de baixo calão! Não diga nada que você não diria para sua avó.

Obrigada pelo comentário, vou retribuí-lo assim que puder. Volte sempre (/◕▽◕。)/