29/03/2013

Resultado do concurso "Um anagrama, uma história"

E depois de muito tempo pensando, lendo e escolhendo, finalmente temos o resultado da promoção "Um anagrama, uma história". Foram muitas participações, muitas palavras para ler, histórias realmente criativas, emocionantes, engraçadas, enfim, histórias incríveis! 

Antes do resultado eu queria agradecer a participação de todos, infelizmente não podemos premiar todo mundo, então apenas um vai levar o kit para casa. Todas as histórias ficaram boas, apenas alguns não cumpriram as regras (mínimo de 5 linhas, máximo 1 folha word), pensei até em fazer uma votação com as melhores, mas depois de pensar muito (e pedir ajuda aos amigos) conseguimos decidir quem escreveu a história mais criativa.



E quem vai levar esse kit para casa é:


Júlia Barbosa Pontes!!!

O anagrama da Júlia:

Amor, Hoje, Gente, Ren.

Conferindo:

Teorema John Green


História: REN estava mais uma vez na biblioteca. Gostava de pegar livro por livro e folheá-los devagar, pelo simples prazer de segurá-los em suas mãos. Nada se comparava ao AMOR que sentia por eles. Havia algo dentro de cada um que a fazia sentir-se feliz por completo. As palavras, pensou. Sim, eram elas: as palavras. Palavras tinham poder para fazer qualquer coisa. Eram elas que a faziam feliz. Então, por um momento, parou e riu, imaginando-se ganhando o grande prêmio.
O grande prêmio vinha sendo anunciado em todo o país nos últimos meses. Todos os amantes por livros já deviam estar procurando em cada biblioteca existente em busca do livro prateado que, caso encontrado, seria um passe exclusivo para ganhar todos os livros que alguém poderia ter e mais um pouco. Ren sonhava com ele todas as noites. Sua condição não permitia que ela tivesse livros em casa, pois cada mínimo centavo era gasto em comida e remédios para sua mãe. E como ela amava livros, estava sempre a caminho da biblioteca perto de sua casa quando tinha algum tempo livre. Era impossível encontrar o livro prateado, ela sabia. Como conseguir um livro com tanta GENTE no país inteiro procurando por ele? Já não tinha mais esperanças de conseguir, então, a única coisa que fazia era continuar folheando as páginas.
HOJE a biblioteca estava vazia e Ren estava procurando um livro novo que talvez lhe interessasse. Era provável que, de tanto folhear, já havia decorado o título de cada um deles, então, caso visse algum que não conhecesse, o leria imediatamente. Já estava quase desistindo quando encontrou um pequeno livro velho, com folhas manchadas e uma capa bem gasta, sem nenhum título, apenas vestígios de um revestimento na cor prata antigo. Era o último livro que alguém pensaria em levar naquela hora, devido à sua aparência, mas Ren não se importava. Apenas achou estranho o fato de nunca tê-lo lido, com este aparentando ser tão velho ali dentro. Então, sem questionar, o pegou e caminhou em direção à mesa da bibliotecária, deixando-o sobre ela. Esta, ao ver o livro que a menina jogara sobre a mesa, abriu um enorme sorriso e discou algo urgentemente no telefone, pedindo-a para esperar alguns instantes. Ren não entendeu no início, mas em pouco tempo uma equipe de filmagem apareceu, e um homem segurando um microfone aproximou-se dela dizendo:
- E então, Renata Nunes? Como se sente sendo a ganhadora do Grande Prêmio?

Parabéns Júlia! 

E você que ganhou não fique triste, em breve teremos mais promoções no blog e você poderá participar :D


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai comentar? Lembre-se de seguir algumas regrinhas: nada de arrumar brigas com outras pessoas, e não use palavras de baixo calão! Não diga nada que você não diria para sua avó.

Obrigada pelo comentário, vou retribuí-lo assim que puder. Volte sempre (/◕▽◕。)/