10/04/2013

[Resenha] Diario da Sibila Rubra, o Retorno das Bruxas - Kizzy Ysatis

Autor: Kizzy Ysatis
ISBN: 9788576791706
Editora: Novo Século
Páginas: 269
Sinopse: Amor, morte e mistério na ilha das bruxas marcam as páginas desta narrativa que atravessa as primeiras décadas do séc. XX através do olhar de Elaine, uma jovem sibila que está aprendendo que para crescer é preciso pensar nas conseqüências antes de fazer as próprias escolhas. Mas uma ameaça surge para por fim a antiga Ordem a qual pertence. Apostando que assim garantirá a vitória, ela resolve se aliar a um mal ainda maior: o vampiro Luar





O Diário da Sibila Rubra começa com o vampiro Luar entrando na casa da Sibila Alessandra, procurando um diário. O tal diário foi escrito por Elaine, enquanto essa era uma jovem sibila, e é através dela que conhecemos a Ordem das Sibilas Rubras (Sibilas caracterizadas pela cabeleira vermelha), e as meninas que fazem parte dela. Elaine e as meninas estão passando por um treinamento, pois futuramente uma delas terá que substituir a Mãe Vermelha e se tornar matriarca das sibilas. Mas, antes da eleita aparecer, muitas ameaças vão surgir, colocando a ordem das Sibilas em perigo. 

Diário da Sibila Rubra foi um livro que me deixou um pouco confusa. Estava gostando e não gostando do livro. Quando eu pegava o livro para ler, não queria mais parar, quando parava, não queria mais pegar para ler. Fiquei assim até a metade do livro, quando a história tomou um rumo que me prendeu completamente. Não queria mais largar o livro, nem quando parava nem começava a ler.
O diário é intima crônica. (…) É uma maneira de conhecer a ti mesmo e reencontrar-te noutro tempo. Manter um diário é difícil tarefa; não é para qualquer um. Deve-se ter o mínimo de dedicação. Paixão serve. Ou mesmo disciplina. Os disciplinados alcançam tudo que os outros apenas almejam.
pág. 96
A narrativa do autor é carregada de poesia, e isso me conquistou. São poucos os livros que li com uma narrativa assim. Kizzy também tem um modo muito pessoal de começar um capítulo, no inicio de cada um, ele escreveu um pequeno poema, e também uma citação, a maioria relacionada as sibilas. Essas citações são de vários autores, como Machado de Assis, Dante Alighieri, Lewis Carroll, Olavo Bilac, entre outros. Isso mostra como o autor lê bastante.

Diário é vinho. Envelhece e melhora. Um dia do diário quando lido anos depois faz-nos lembrar, com certa precisão, de como foi aquele ano e quem eramos no tempo em questão.
pág. 37
Gostei de todos os personagens, principalmente o vampiro Luar e as sibilas. Tive até vontade de ser uma enquanto lia (risos). A história foi bem construída, sem pontos sem nó. Depois que terminei de ler, voltei algumas páginas e reli algumas partes, tudo ficou bastante claro. O que me fez desanimar do livro, quando comecei a ler é que em determinadas partes a narrativa fica muito cansativa. Parágrafos enormes, mudanças na historia (flashbacks), e interrupções de um assunto para outro. Isso torna a leitura cansativa.

Gente burra essa que não sabe usufruir a volúpia deixada pelos anjos do começo. O prazer de narrar uma história. Seja pela boca ou pela tinta livre e desbocada escorrendo no papel descabido, vomitando dores e amores para sempre.
pág. 25
Alguns personagens são caipiras, e as falas dele são escritas na forma coloquial. Isso incomodou um pouco, mas logo me acostumei com os tais personagens. Não encontrei erros de revisão no livro, e as folhas são amareladas, que dizem que não cansam a vista. Diário da Sibila Rubra é um ótimo livro, o tema é diferente e a história não é nada clichê. Vale a pena ler.

17 comentários:

  1. O livro parece ser muito bom! Adorei o último quote , me identifiquei!
    Fiquei bestificada quando vi que o autor não é a Sibila Rubra, por que, né? O diário é dela ~ Sim, eu sou muito lerda ----'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também pensei que era ela, mas a história é sobre o diário, e não o diário em si ^^

      Excluir
  2. Fiquei interessada :D Já ouvi falar muito sobre o Kizzy, principalmente entre meus amigos que curtem esse tipo de livro, mas a verdade é que nunca tive a oportunidade de ler nada dele ainda. Vou procurar por esse livro, fiquei bastante curiosa sobre a história :D
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nunca tinha ouvido falar sobre ele antes disso :O

      Excluir
  3. Olá :)
    Opa,tem poesia no texto? Já chamou minha atenção :)

    Não conhecia a obra >.<

    E ai como você está?
    Saudades de ti *---*

    Beijos e cuide-se
    Rimas Do Preto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sim, bastante poesia, acho que você ia gostar ^^

      Também estou com saudades de vocês, nós dois sumimos né

      Excluir
  4. Oi Marina, primeiro queria pedir desculpas por sumir, minha vida anda meio tumultuada..
    E agora sobre esse livro, adorei sua resenha e não conhecia esse livro, gosto do tema "bruxas"
    Legal isso não querer largar o livro e nem voltar a leitura hehe
    Mais é muito boa a sensação quando não queremos desgrudar do livro..
    fiquei na duvida pelo carregado de poesia, mais no geral eu quero ler sim..

    beijos Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos duas então, também estou um pouco sem tempo rsrs'

      Excluir
  5. Não conheci o livro e me interessei, apesar esse lado chatinho meio que desanimou, mais só lendo pra ver.
    Gosto muito do tema "bruxa", em o livro logo de cara me chamou a atenção, quero entender esse seu larga e não larga o livro. hahaha
    Beijos
    brubs

    ResponderExcluir
  6. Oi Marina! Logo que vi o livro fiquei pensando que Sibila era uma pessoa, não seres de cabeleira vermelha. Achei a ideia legal, gosto de livros sobrenaturais, é um tema que sempre consegue me prender. Fiquei aqui pensando como será comigo se ler o livro, você teve uma relação bem conturbada, de idas e vindas com ele, mas no final parece ter gostado. Será que irei me sentir assim também? Não conhecia o livro, valeu a dica.

    ResponderExcluir
  7. Conheço o livro apenas de nome. Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre ele.
    Fiquei com vontade de ler... rs

    BjO
    http://www.the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. O livro deve ser interessante, apesar de não ser mto o tipo de coisa que eu curto ler. Não ultimamente, porque antigamente eu adorava kkk Meu sonho era ser bruxa.
    Beijooo

    ResponderExcluir
  9. Uau, realmente, as partes sobre o diário são incríveis, como você disse. Amei os quotes! Agora quero ler :)

    ResponderExcluir
  10. Hum sua resenha me interessou eu não gostei da capa mas a estoria até que parece interessante e eu já passei por isso também não sabia se gostava ou não do livro mas é legal esse sentimento de confusão hehe

    bjos

    ResponderExcluir
  11. Nunca tinha ouvido falar desse livro, e muito menos do autor.
    Gostei da resenha...
    Bjss

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia o livro, parece ser bom, mas ando fugindo de livros de fantasias.

    Dizem que é bom páginas amareladas, mas bom mesmo é ler com a luz acesa! Hehehe No claro!

    Beijos querida

    Me visita: Livros... Eu quero ler sempre

    ResponderExcluir
  13. nossa quando vejo uma fala escrita de forma coloquial me da agonia as vezes, mas tento superar ahuuhashu
    poxa sou doida pra ler esse livro, assim que der pretendo ler logo

    ResponderExcluir

Vai comentar? Lembre-se de seguir algumas regrinhas: nada de arrumar brigas com outras pessoas, e não use palavras de baixo calão! Não diga nada que você não diria para sua avó.

Obrigada pelo comentário, vou retribuí-lo assim que puder. Volte sempre (/◕▽◕。)/