03/05/2014

[Resenha] Ainda não te disse nada - Maurício Gomyde

Título: Ainda não te disse nada
Autor: Maurício Gomyde
ISBN: 9788591184019
Editora: Porto 71
Páginas: 236
Sinopse: "Ninguém mais escreve cartas hoje em dia", Marina pensava. Até que um dia uma caiu em suas mãos por engano e mudou o rumo de sua vida. Levou-a ao lugar que ela sempre sonhou. E a conhecer o amor do jeito que nunca imaginou, da forma mais improvável do mundo...






Ganhei esse livro da Kelly, dona do blog Cadê minha fluoxetina?? e demorei um pouco para começar a ler, mas só para começar a ler. Logo que conheci Marina, minha xará, gostei dela. Marina é sonhadora, decidida, corre atrás daquilo que quer. E (assim como eu) acredita que ninguém mais escreve cartas hoje em dia, até que uma caiu nas mãos dela, e começou a mudar sua forma de ver o mundo. 

Para começar, esqueçam tudo o que eu disse sobre romances românticos! Quero mais livros como esse, e com certeza vou ler mais livros do gênero, e é claro, do autor. Esse é o primeiro livro do Maurício que eu leio (não por falta de indicação, certo Kelly?) e já adianto que quero todos os outros livros dele. A escrita do Maurício é perfeita, descontraída, ao mesmo tempo carregada de sensibilidade, romantismo e profundidade. Li e reli as cartas trocadas pelos personagens, desejando fazer parte daquilo. A história é linda, cheia de reviravoltas e surpresas, e a cada carta trocada eu ficava ansiosa pela resposta, como se a resposta estivesse endereçada a mim, e não a Marina do livro.

Ainda não te disse nada é maravilhosamente lindo. Eu fiquei com um pé atrás quando comecei a ler, com medo de que o livro fosse meloso demais, ou que as personagens fossem fúteis demais que, enfim, o livro tivesse o que eu mais detesto em romances. Mas não. Ainda não te disse nada não é assim. O livro não é meloso, as personagens não são tão fúteis (pelo menos não todas rs'), e eu gostei. Gostei muito. Tive vontade de ler tudo de novo assim que cheguei na última página. Talvez esse seja seu pior defeito: ter uma "última página". Queria mais da história, mais páginas para ler. Infelizmente nem tudo é do jeito que a gente quer...

Se você está procurando um livro para ser devorado em pouco tempo, que dá para ler em qualquer lugar, Ainda não te disse nada é esse livro. Ah! Também é um ótimo presente :)

"Dizem que na solidão e na tristeza a gente produz as coisas mais bonitas."

14 comentários:

  1. Com essa sinopse, bateu a curiosidade em ler o livro!

    grata pela indicação!
    abraço

    http://princessandfashion.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. nunca li nada do autor, mas o povo fala tão bem que estou gostando por osmose asuhsuh
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ushuhsuahu' também comecei a gostar por osmose!

      Excluir
  3. Fiquei curiosa pra ler o livro, me parece ser muito bom *3*
    Nunca tinha ouvido falar dele, confesso, mas só de ler sua resenha fiquei com vontade de correr pra ir comprar HSAIUHSIAUHSIUHASH'

    Beijos, kaorii.com!

    ResponderExcluir
  4. Fiquei interessada, tão bom quando nos envolvemos tanto com a história a ponto de querer mais páginas né? Tenho uma queda por cartas, nunca ouvi falar do livro mas fiquei com vontade de ler!

    http:// poraodaliesel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho uma queda por cartas, vou lamentar pra sempre a criação do email... ok, não vou lamentar tanto, o email me ajuda muito ^^

      Excluir
  5. Poxa, eu quero então! Saudade de um bom romance! Os melhorezinhos pra mim, mesmo que sejam puro açúcar, é Jane Austen - adoro a escrita dela. Ah, e Machado, amor da vida, claro. Vu logo adicionar no skoob, me convenceu - aproveitar que a bienal da minha cidade começa sábado e vou rodar ela todinha atrás dele rs'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que inveja de você! Nunca fui a uma bienal, queria ir, nem que seja só pra ver como é ushaushau'

      Excluir
  6. Oii, li esse livro logo que foi publicado, recebi o meu autografado pelo autor, que é um fofo, li o livro assim que chegou e simplesmente amei. Acho que vale muito a pena, e como você disse um ótimo presente.

    Beijos
    Passa lá:
    www.viagem-imaginaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é fofo mesmo né? Não conheço pessoalmente não, mas pelo que vejo das redes sociais ele é uma pessoa legal :)

      Excluir
  7. Oi, Flor! Tudo bom?

    Primeiramente, adorei a capa e principalmente o título, ele já cria AQUELA curiosidade! Adorei saber que você criou grande afinidade e se viu refletida na personagem, amo quando isso acontece e acaba virando um exemplo para nós, para inspiração e principalmente como modelo.
    Que maravilhoso saber todas essas sensações que o livro transmitiu, e como você disse, parece que na verdade é o leitor é quem espera a carta. Linda a proposta do autor de trazer as cartas de volta, sempre gostei, sempre achei lindo, romântico e muito íntimo por ser escrita a mão, é mais uma parte da pessoa que conhecemos! Estou maravilhada com a sua resenha, você transmitiu muito bem tudo o que o livro lhe causou e ele está indo para a minha lista agora mesmo, quero me encantar e maravilhar tanto quanto você!

    Beijinhos,
    Percepções Blog | Grupo: Mais um livro, Por favor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sempre achei muito lindo cartas a mão, é bom imaginar a pessoa escrevendo a carta, pensando nas palavras ^^

      Obrigada pelo comentário!

      Excluir

Vai comentar? Lembre-se de seguir algumas regrinhas: nada de arrumar brigas com outras pessoas, e não use palavras de baixo calão! Não diga nada que você não diria para sua avó.

Obrigada pelo comentário, vou retribuí-lo assim que puder. Volte sempre (/◕▽◕。)/