27/01/2016

[Resenha] Garota Exemplar - Gillian Flynn

Título: Garota Exemplar
Autor: Gillian Flynn
ISBN: 9788580572902
Editora: Intrínseca
Páginas: 502
Sinopse: Uma das mais aclamadas escritoras de suspense da atualidade, Gillian Flynn apresenta um relato perturbador sobre um casamento em crise. Com 4 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo – o maior sucesso editorial do ano, atrás apenas da Trilogia Cinquenta tons de cinza –, "Garota Exemplar" alia humor perspicaz a uma narrativa eletrizante. O resultado é uma atmosfera de dúvidas que faz o leitor mudar de opinião a cada capítulo. Na manhã de seu quinto aniversário de casamento, Amy, a linda e inteligente esposa de Nick Dunne, desaparece de sua casa às margens do Rio Mississippi. Aparentemente trata-se de um crime violento, e passagens do diário de Amy revelam uma garota perfeccionista que seria capaz de levar qualquer um ao limite. Pressionado pela polícia e pela opinião pública – e também pelos ferozmente amorosos pais de Amy –, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamentos inapropriados. Sim, ele parece estranhamente evasivo, e sem dúvida amargo, mas seria um assassino? Com sua irmã gêmea Margo a seu lado, Nick afirma inocência. O problema é: se não foi Nick, onde está Amy? E por que todas as pistas apontam para ele?

Garota Exemplar foi o livro indicado do mês do clube do livro Weblog, um clube do livro no Facebook que eu participo. Todo o mês temos um livro indicado, e o desse mês foi Garota Exemplar. Cof... cof... novos membros são sempre bem vindos, aliás. Eu admito que se não fosse o clube do livro, jamais leria Garota Exemplar. Não sabia do que o livro se tratava, não sabia que também existe um filme, e confesso que nem votar nele votei. Mas gente, que bom que o livro ganhou a votação! Comecei a leitura no finalzinho de janeiro, com aquele sentimento de "ah não vai dar tempo de terminar antes do fim do mês" e terminei a leitura em dois dias. Sério. Devorei o livro.


Tudo começa quando, no seu quinto aniversário de casamento, Nick chega em casa e não encontra a esposa, Amy. Ele imediatamente chama a polícia, e rapidamente começa uma investigação para encontrar a mulher. Pistas são recolhidas, perguntas são feitas, e tudo começa a apontar para Nick, marido distante e frio que parece não "tá nem aí" pro desaparecimento da esposa.

Começo dizendo que o livro me surpreendeu de muitas formas. Os capítulos são intercalados entre a história atual (o desaparecimento da esposa) contada por Nick, e páginas de um diário de Amy, que ela manteve durante alguns anos, antes de seu desaparecimento. É importante saber que Amy foi a inspiração de um romance, escrito pelos seus próprios pais, chamado Amy Exemplar, a história de uma criança que era verdadeiramente um exemplo. e por causa disso (ela era quase uma celebridade, anos atrás) ela teve muitos problemas com perseguidores e invejosos, além de sua família ser rica quando o livro estava no seu auge. [Isso não é Spoiler, relaxem].

Os primeiros capítulos de Garota Exemplar nos mostram a pobre Amy, mulher dedicada, que parece sofrer de algo comum em relacionamentos abusivos: achar que tudo é culpa dela. Enquanto fica claro logo no início que Nick é um cara frio e insensível, que se transformou exatamente naquilo que ele tanto temia e odiava: seu pai. A única pessoa que não percebe a história de seus pais se repetindo é o próprio Nick, cego de ódio, transfere para a esposa tudo aquilo que ele odeia em si mesmo. Odiei Nick logo de cara. Até que... ué? Ou Nick está sofrendo de estresse pós traumático ou tem algo muito errado nessa história. A história se desenrola e desenrola, clichês ali, clichês aqui, até que PUTA QUE PARIU! O que foi isso? Como assim? Não pode ser verdade! Não sei mais no que eu acredito!!! [sério, eu me senti assim durante o livro todo]. 

Reviravoltas, reviravoltas e mais reviravoltas! Quando você começa a se sentir confortável, quando pensa que agora sim, você está seguro de suas ideias, Garota Exemplar vem e te surpreende com um novo fato, um novo ponto de vista, uma nova coisa. E pontos de vistas diferentes. Logo no início você começa a perceber que existem várias versões das mesmas pessoas na história: a Amy que o Nick casou, a Amy que o Nick namorou, a Amy que todo mundo conhecia, a Amy própria, a Amy que escreveu um diário, a visão de Nick de si mesmo, o Nick que os outros conhecem, o Nick do diário da Amy, o Nick que namorou a Amy, o Nick que casou com a Amy, enfim... Leia o livro e você vai entender! Mas a questão: quem está falando a verdade? Em quem acreditar? O QUE DIABOS ESTÁ ACONTECENDO? Preciso saber! Eu disse que li o livro em dois dias? 

Garota Exemplar é um daqueles livros que eu admiro o autor. Porque a pessoa tem que ser muito foda pra escrever um livro desses. O livro é tão inteligente, envolvente e frio, que tudo o que eu fiz nesses dois dias foi ler e pensar nele. Tão bem planejado, tão bem escrita, nenhuma falha, nenhuma ponta solta, e o casal principal... Caramba! Inacreditável. Não demorei a começar a pensar em psicopatas e em minha professora, com seu slogan: "se a pessoa é perfeita demais, bonita demais, inteligente demais, sem-defeitos demais. Cai fora que é furada!". 

Garota Exemplar é um raio x macabro do casamento. A autora não mascarou nada na hora de mostrar como um relacionamento pode assumir formas sombrias e medonhas, e também não ficou de frescura, mostrou como o ser humano também pode ser medonho, frio e repulsivo. Fiquei realmente muito empolgada com essa história. Gostaria de ter escrito algo assim.

Eu li o livro meio as cegas. Só fui ler a sinopse de Garota Exemplar quando estava na metade, então não vou ficar dando um milhão de detalhes sobre a história. Não parece justo. Só digo uma coisa: leia! Leia esse livro! Acredite em mim, vale a pena, e vai ser uma das melhores leituras da sua vida! <3 [só tome cuidado com as resenhas-spoilers por aí, elas dão detalhes demais];


12 comentários:

  1. ja li esse mds que livros dms recomendo pra qualquer pessoa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é ótimo mesmo, também recomendo pra qualquer um ^-^

      Excluir
  2. Olá, tudo bom?
    Eu adoro participar desse grupos literários, sério. Já entrei nesse e espero que seja muito bom.
    Meu sonho é ler esse livro, mas eu quero comprar ele, senti o cheiro e poder resenha com orgulho no peito e dizer FINALMENTE EU LI ESSE LIVRO. E não é só ele, tem também Objetos Cortantes e outros livros dela. Eu admiro muito sem nunca ter lido.
    Eu vi o trailer e fiquei louquinha para ver o filme, mas só vou ver depois de ler o livro.
    Prometo que ainda vou ler esse ano.
    Ótima resenha!

    † sessão proibida †

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o primeiro grupo literário estilo "clube do livro" que estou participando. Tá sendo bem legal, uma experiência completamente nova ^^

      Excluir
  3. Bom demaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaais. Recomendo recomendo e recomendo. É maravilhoso.

    Beijos, Love is Colorful

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou sentindo sua empolgação Bárbara! ahahahha

      Excluir
  4. Já assisti ao filme e achei o enredo muito bom. Ainda não tive oportunidade de ler o livro mas todo mundo diz que é bom.
    Esse ano vou dar o meu jeito e ler (apesar de ter uns 500 na estante esperando para serem lidos e outros 300 na lista para comprar) porque não só você mas várias outras pessoas amaram e vivem me recomendando. Até hoje elas não acreditam que eu não li.
    Beijo,
    paraisodemenina.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu assisti o filme depois que terminei a leitura e achei o livro muito melhor. Mais eletrizante, empolgante. É muito bom ver os pensamentos do Nick e entender o que ele está sentindo, melhor do que ver a cara sem expressão do Ben Afleck hahaha

      Tá na hora de ler então!

      Excluir
  5. Achei esse livro INCRIVEL!
    A capa do livro tbm me chamou muito a atenção. O livro me surpreendeu principalmente por que nunca fui muito chegada no que o livro abordou, mas a historia me prendeu do inicio ao fim
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que eu achei a capa muito sem graça? As capas dessa editora são sempre muito bonitas, mas essa deixou a desejar. Mas a história é boa, prende mesmo

      Excluir
  6. Melhor descrição de sentimento:... "até que PUTA QUE PARIU!" HAHAHAHAHA Foi assim que me senti também, Marina. Eu já tinha visto resenhas sobre o livro e ele era uma das minhas opções de leitura do mês de janeiro, por isso indiquei o livro no clube do Weblog. A Garota Exemplar uma leitura surpreendente. Gostei muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahahahahahh' não tinha outras palavras pra usar!

      Excluir

Vai comentar? Lembre-se de seguir algumas regrinhas: nada de arrumar brigas com outras pessoas, e não use palavras de baixo calão! Não diga nada que você não diria para sua avó.

Obrigada pelo comentário, vou retribuí-lo assim que puder. Volte sempre (/◕▽◕。)/