11/07/2016

Spoilers na Wikipédia e falta de assuntos


Acabei de ler um spoiler de um filme na Wikipédia. Sério, eles deveriam sinalizar o spoiler, eu queria ver o filme, mas já contaram o final logo de cara... E agora eu apareço aqui, sem falar coisa com coisa, depois de uma semana sumida, reclamando da Wikipédia. Passei os últimos dias lendo alguns blogs naquela vibe de "blog-diário" de 2010, e senti falta de tudo isso. Queria postar alguma coisa, mas não sabia direito o quê. Então, abri o editor e cá estou eu.

Já estou de férias da facul, ainda bem. Tenho tempo de sobra pra me dedicar ao blog, mas estou pensando no rumo que esse blog vai tomar. Já contei essa história mil vezes, mas quando criei o blog, criei para falar de literatura, das minhas leituras, do que eu gostava... mas de uns tempos pra cá comecei a ler cada vez menos, e fiquei sem conteúdo pra postar. Então eu abri o blog para falar de outras coisas, coisas que fazem parte da minha vida, e o blog passou a ser mais pessoal. Só que a minha vida não é um mar de rosas, cheia de coisas interessantes em que cada dia eu vivo uma aventura. Não. Minha vida não é assim. Hoje eu passei o dia todo de pijama, lendo o Buzzfeed. Foi um dos meus dias mais produtivos desde que entrei de férias. Não sei onde tiraria alguma ideia de conteúdo inspirador pra postar. E é por isso que se você voltar nas postagens antigas, vai ver que já tem um bom tempo (desde que o blog se tornou pessoal) que o conteúdo está indo ladeira abaixo. E eu quero muito continuar postando, mas preciso reinventar o 31 de Março pra continuar, e essa é a parte complicada.


Dos meus projetos pessoais, não consigo encontrar nada que possa virar um assunto. Geralmente, eu começo a me dedicar a alguma coisa quase ao ponto de me deixar febril, e então esqueço completamente aquilo. No momento, eu estou me dedicando mais a parte de "criação artística", escrevendo a ponto de doer a mão (eu ainda escrevo a mão) e desenhando com frequência. Coisas que eu já fazia antes, mas que agora estou me dedicando muito mais. Comecei a estudar e ler um pouco sobre desenho e escrita, mas não sei quanto tempo vai durar essa febre. Pode ser que daqui a uma semana eu volte ao meu estado normal: desenhando quase nunca, escrevendo meia página a cada seis meses. Ou pode ser que eu leve isso por um tempo. Comigo simplesmente não dá pra saber. 

Também estava afim de fazer algum projeto D.I.Y, alguma coisa pro meu quarto (até hoje não comecei a fazer nada nele), mas ainda estou procurando ideias de coisas que podem ser feitas de noite e dentro de casa, de preferência. Isso porque já comecei a trocar o dia pela noite, como é típico do mês de férias, e está frio demais pra ficar do lado de fora no escuro (são 4:20 da manhã agora). Isso me deixa um pouco sem opções.

Não posso trazer nenhum desses temas como conteúdo pro blog, porque eu não tenho domínio para falar sobre isso. Não entendo nada de nada, e tudo que eu faço é no chute. Escrevo de palpite (já até fiz post sobre isso, lá em 2014), desenho de forma aleatória, meus "faça você mesmo" são cheios de gambiarras (porque nunca saem como eu planejo) e eu vou levando as coisas assim. Não que eu considere uma forma ruim de levar a vida, mas não é uma forma de vida que dê pra virar blog. Ou eu poderia escrever vários posts sobre como ficar no Twitter e ignorar tudo a sua volta. Um tutorial avançado de procrastinação, como sair de casa sem arrumar o cabelo e fingir que está tudo ok... Seria engraçado, mas não. Bom, é por isso que eu preciso muito pensar, e a medida que for pensando, vou postando também. O que, eu ainda não sei. Tenho rascunhos e ideias que estou devendo, e vou me arranjando com isso. Talvez esse bloqueio e falta de assunto seja só uma fase. É como eu disse, comigo não dá pra saber.


12 comentários:

  1. Ta parecendo eu quando penso em algo legal pro blog e logo desisto porque não tenho domínio. Eu fico assim com decoração, DIY, receitas... eu quero fazer, mas dai penso nas gambiarras que faço porque eu sempre faço errado e já deixo de lado, rs. Eu já fui procurar sobre filmes na Wikipedia e acabei lendo spoiler sem querer, bem como livro também :( é um saco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aninha! É assim mesmo que eu faço! Comecei a fazer uma soft box para mim, ia até postar o tutorial de como fazer no blog, mas eu fiz tanta gambiarra no negócio que fiquei até sem graça de postar. Além de ter deixado o projeto pela metade, eu deveria ter feito um tripé pra caixa mas fiquei com preguiça, até hoje não terminei hahahh'

      Nunca mais confio na Wikipédia depois disso, sempre achei que eles sinalizavam spoiler

      Excluir
  2. Parece eu quando tento postar algo bom para o blog, fica depois muito curto o post ou não tem criatividade *-*
    Quando tinha de fazer um trabalho oral sobre um filme, quando fui ao Wikipedia tirar umas anotações e estava maior parte do filme lá praticamente, tira a piada de assistir o filme.
    Bjs e boa continuação de sexta-feira!
    ice-cream-da-leno.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wow, bate aqui! o/ Já desisti de muito post por ficar curto e não conseguir finalizar o assunto, fico até tranquila de saber que outras pessoas passam pelo mesmo que eu

      Excluir
    2. Give Me five hehe.
      Eu já sou novata nisto, ainda estou a tentar a ter tecnicas para o post ficar comprido e elaborado, enquanto tu já és bem profissional nisto ;)
      Sei que este não é o melhor lugar mas pode fazer afiliação comigo? O meu blog não é tipo de literatura, mas dá uma olhada e se gostar depois diga-me :)
      ice-cream-da-leno.blogspot.com

      Excluir
    3. Inês já faz tanto tempo, só hoje que vi seu comentário. Ainda está na ativa, quer fazer a parceria? Eu topo! Desculpa mesmo não ter visto, alguns comentários passam despercebido :/

      Excluir
  3. Nossa, eu me identifiquei terrivelmente com você. Sério (Este nem é um daqueles comentários que você diz que se identificou por que nao tem o que dizer EU TE ENTENDO MUITO).
    Primeiramente, sinto muito pelo spoiller. Geralmente a wikipédia coloca um aviso de spoiller... Mas não é muito confiável =p pelo jeito vc já sentiu na pele isso.
    Eu gosto muito do estilo blog-diário por que de algum jeito nos deixa próximos do escritores, mesmo quando nao conheço o blog e só o visito uma vez, no pouco que leio me sinto próxima de quem escreveu e isso é muito legal rs Se por um lado, quando se tem uma vida normal é dificil manter um blog (já que faltam coisas notáveis para escrever) por outro lado esse dia a dia, justamente, dá uma carinha de aconchego, como se fosse "oh ela é igual a mim", coisa que falta nos blogs mais populares, coisa e tal.
    Eu costumava fazer resenhas também, mas por causa da faculdade, a quantidade de livros que eu leio caiu bastante. Mas nao tá dando pra manter posts criativos também kkk tanto por falta de tempo como de criatividade (nao dominar nenhum assunto muito bem "tá tendo" também). Então ultimamente adotei a ideia de escrever em topicos, sobre qualquer coisa. Desde de dia a dia a sei lá, bolinhas nas meias velhas. To curtindo bastante. Tá funcionando. Quem sabe você não tenta?
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nanda, eu também adoro sabia? Não tinha pensado no quanto essa proximidade com a pessoa é importante. Os blogs que eu mais gosto de ler são aqueles que eu sinto que a pessoa é parecida comigo, seja no pensamento ou no modo de viver a vida. E essa é a parte mais legal de ler blogs.

      Estou lendo pouco pelo mesmo motivo, a faculdade me suga muito e eu já preciso ler bastante os textos das próprias disciplinas, fico cansada só de olhar um livro para ler. Lembro do seu post sobre o par de meias e gostei muito, vou tentar esse método ^-^

      Excluir
  4. Ah é um saco isso quando a gente está com bloqueio de criatividade acontece muito isso =(

    www.descrevendonuvens.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, vira e mexe acontece comigo. Ou é bloqueio ou é falta de ânimo pra fazer alguma coisa :/

      Excluir
  5. Eu passo pelo mesmo que vc em relação a vontade de inovar..
    Mas, sabe o que eu penso?! Ter um domínio para cada interesse nosso não daria certo administrar né hiuahiuahihaihau
    Eu acho que vc tem que trazer as coisas q vc gosta pra cá sim..

    Curta suas férias!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahah é bem difícil dominar muitos assuntos! Mas a ideia de trazer coisas que eu gosto é bacana, mesmo sendo assuntos diferentes ou eu não tendo muito domínio sobre. Eu não estou escrevendo para uma revista ou portal de notícias, afinal

      Excluir

Vai comentar? Lembre-se de seguir algumas regrinhas: nada de arrumar brigas com outras pessoas, e não use palavras de baixo calão! Não diga nada que você não diria para sua avó.

Obrigada pelo comentário, vou retribuí-lo assim que puder. Volte sempre (/◕▽◕。)/