28/12/2016

Retrospectiva 31DM 2016

Retrospectiva 2016

Eu não queria escrever esse post de jeito nenhum. Acho que todo mundo concorda que 2016 foi um ano de merda, e ninguém tem muito o que falar sobre ele. Mas tradições são tradições, e tenho que honrar as retrospectivas que andei fazendo desde que comecei isso aqui. Vou ser bem direta dessa vez, já que eu empurrei o blog com o barriga o ano todo. Saudades da época que eu tinha tempo e coluna pra sentar na frente de um computador...

Enfim, em 2016 o blog teve ao todo 43 posts e eu li 18 livros. Tive apenas algumas leituras que me marcaram profundamente, mas aprendi um pouco com cada livro que li. Queria muito ter lido pelo menos 30 livros, mas meu ritmo de leitura diminui bastante e eu não consigo ler tão rápido quanto eu lia. Com sorte chego a 20 livros antes da virada do ano, vamos torcer pra isso. Alguém conseguiu bater algum record de leitura? Minha meta costumava ser 100 livros em um ano, agora, se eu ler um por mês já está ótimo.


Will & Will - um nome, um destino
Will & Will: Uma das leituras que fiz esse ano, e postei resenha

O primeiro post de 2016 foi 4 projetos para começar em 2016. Dá pra começar todos eles no ano que está começando. Particularmente eu só mantive um diário, ainda assim, capengando. Pulei vários dias e quase não escrevi nele. Tive o azar de deixar ele na mochila um dia, e tomei um banho de chuva. As primeiras páginas molharam tudo. 2016 já me sacaneou logo nos primeiros dias. Por sorte esse foi o único projeto que comecei, nunca levo nenhum pra frente e nem perdi tempo de começar algum. Estou enfim virando Lula Molusco, rabugenta e ranzinza.

Meus posts favoritos de 2016:

A maioria dos blogueiros colocam os posts mais acessados em retrospectiva, mas os posts mais acessados do blog são os que eu menos gosto. Se for pra relembrar as coisas, que seja pra relembrar coisas que nos faz bem, certo? E os posts que me faz bem são aqueles que tenho o maior orgulho de ter escrito. Por isso vamos lembrar do que me deixou orgulhosa em 2016!

DIY: Cestinho de barbante: Eu amo esse post! Simplesmente porque é um dos poucos projetos de faça você mesmo que eu consegui fazer com facilidade, e as fotos ficaram boas também. Eu realmente me dediquei a escrever esse post e fiquei feliz com o resultado. Gosto também de ver que preparei as fotos, e não tirei de qualquer jeito, como normalmente faço hahah'

Os pequenos grandes milagres que nos cercam: Tenho vontade de repostar esse post praticamente toda semana. Se fosse Twitter, ia ficar o tempo todo dando RT nele. Já quase escrevi uma continuação, falando de outras coisas que me fascinam, mas nunca sai como esse. Estava empolgada demais quando escrevi. (Tem um gif do Castiel que eu morro de rir)

Resenha do livro Perdão, Leonard Peacock: Não é que eu tenha gostado de escrever a resenha (sou extremamente crítica com minhas próprias resenhas, nunca gosto delas), mas gostei tanto desse livro que quis abrir um espacinho pra lembrar dele. Quem acha ficção e "literatura de entretenimento" perda de tempo não entende que uma história pode te ensinar mais coisas que um livro acadêmico. Empatia, por exemplo, dá pra se aprender com um livro como esse. E só por isso a leitura valeu muito a pena!

Um diálogo real mas fictício: Adorei escrever esse! Estava tendo esse diálogo mentalmente comigo mesma, e pensei: por que não escrever isso? O que mais gostei foi ver que muita gente entendeu perfeitamente, e se identificou com o que escrevi! Comentários em posts pessoais sempre enchem meu coração de alegria 

Sobre aqueles que passam por nós: Se tem uma coisa que eu gosto, é de conhecer pessoas e ouvir o que elas têm a dizer. Não sou de falar, mas gosto demais de ouvir a história das pessoas, saber como pensam, do que gostam, coisas que querem viver e já viveram. Sempre sinto como se as pessoas me emprestassem um pouquinho delas, algo que vai mudar minha forma de estar no mundo. Esse post foi uma tentativa de traduzir esse sentimento, e eu simplesmente amo demais ele 

Fazendo essas retrospectivas eu sempre percebo que os posts que eu mais gosto são os pessoais. Aqueles que eu falo de como eu me sinto e do que eu penso, e não aqueles que eu deveria fazer, como resenhas e indicações. Ainda assim, gosto de escrever ambos os tipos de posts, e fico feliz quando algo que postei acaba sendo útil para alguém. Também percebi que, mesmo 2016 sendo um ano ruim, de uma forma geral, pelo menos aqui no blog teve coisas boas para se lembrar. Espero que 2017 seja um ano melhor.

E pra você que está lendo e que me acompanhou até aqui, desejo a você um ano novo cheio de paz, saúde e realizações! Feliz 2017!

13 comentários:

  1. Sim 2016 não foi fácil! Se o orkut existisse eu faria uma comunidade chamada: Sobrevivi o 2016.
    Eu não li o tanto que eu gostaria de ler apesar de ter lido bastante.
    Nem contei quantos livros eu li este ano para não ficar frustrada.
    E preciso dizer que eu amei o livro Perdão, Leonard Peacock! Lembro que li em questão de horas e fiquei refletindo sobre a minha vida por um bom tempo <3

    Desejo que 2017 seja maravilhoso e capaz de fazer que a gente esqueça de 2016 rs
    Beijos
    Feliz 2017

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o orkut ainda existisse eu participaria dessa comunidade! ushausha'

      Excluir
  2. Eu amo montar essas listinhas do que fazer huahua mas nunca consigo manter. Começarei logo no dia 1 o pote de sorrisos huhauha
    Tá meio complicado bater meta de leitura, né? Parece que os dias estão bem corridos ):

    bruna-morgan.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem eu, nunca mantenho esse tipo de projeto, leva tempo demais e minha força de vontade oscila muito, tem dias que quero fazer todo tipo de coisa, mas nem sempre fico assim :(

      Excluir
  3. Oi, Marina. Tudo bem?
    Tenho que concordar com você, 2016 foi um ano de merda e de muitas decepções. Talvez, uma das melhores coisas que me aconteceram este ano foi começar o meu blog e ter a oportunidade de conhecer pessoas como você. Gosto muito do seu blog e é uma pena quando a correria não permite ter mais publicações, mas faz parte da vida. Olha, depois que entrei na faculdade sempre tive dificuldade para encontrar tempo de ler os livro de ficção que tanto gosto, mas esse ano pelo menos consegui parte o record de leitura em relação ao ano passado.Este ano foram 30 livro :) Vamos ver como vai ser 2017, pois é o ano de final do mestrado, então vai ser corrido. Olha, adorei a retrospectiva do blog. :)
    Marina, desejo a você um Feliz Ano Novo e que 2017 seja um ano melhor para todos nós. Desejo também muito sucesso para você e para o blog. Muito obrigado por tudo e tudo de bom a você.
    Um grande abraço!

    meuniversolb.wixsite.com/meuniverso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leandro!

      Fico feliz de saber que gosta do blog <3 Meu ritmo caiu muito depois da faculdade, tento continuar lendo aos poucos, para não perder o hábito. Ainda assim, tem livros que li e não sei nem te falar do que se trata a história, de tão cansada que eu estava quando li.

      Feliz ano novo para você também!

      Excluir
  4. Oi Marina, 2016 não foi um ano fácil pra muitos, mas serve de aprendizado todos os desafios que ele trouxe... Desejo a ti um maravilhoso 2017, cheio de conquistas, paz e felicidades. Beijão Clau Preguiça Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Claudia! Desejo tudo de bom para você também <3

      Excluir
  5. Oi Marina, feliz ano novo! 2016 foi mesmo um ano de dificil (para não falar de merda), mas espero que 2017 seja melhor para todos nós. Você disse que não bateu a sua meta de leitura, mas eu achei impressionante ter lido 18 livros (a minha meta, assim, por cima, geralmente é um livro por mês). Será que sou muito mole? hahaha
    Feliz 2017. Que 2017 seja bom conosco!
    Beijos
    4mor-nuvem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahahahaha eu devia ter usado a palavra "difícil" ;)

      Cada um tem seu próprio ritmo, eu costumava ler bem mais, e bem mais rápido, então fiquei um pouco frustrada. Mas esse ano tento passar dos 20, e se passar dos 20 livros já está bom :)

      Excluir
    2. Então boa sorte!! U can!!

      Excluir
  6. Marina, 2016 foi um ano complicado mesmo. Nossa, eu prefiro nem lembrar, vamos esperar que esse 2017 seja um pouco melhor.

    Abraços!

    ResponderExcluir

Vai comentar? Lembre-se de seguir algumas regrinhas: nada de arrumar brigas com outras pessoas, e não use palavras de baixo calão! Não diga nada que você não diria para sua avó.

Obrigada pelo comentário, vou retribuí-lo assim que puder. Volte sempre (/◕▽◕。)/