15/02/2017

O meu "adesivo de parede" com Papel Contact

Adesivo de Parede com Contact
Foto por Jerry Kiesewetter
Estou postando toda segunda e quinta-feira, e até o momento, não falhei um dia. Pensei que não conseguiria postar essa semana, estava desanimada e triste, mas cá estou eu, escrevendo. Estava quase desistindo da internet, e principalmente das redes sociais, mas algumas horas conversando com um amigo me lembrei do porquê faço tudo isso. Agora que estou melhor, resolvi escrever sobre uma frase que fiz para a parede do meu quarto há um tempo, na casa dos meus pais.

Tava de boas navegando pelo Simplechique, um blog muito maneiro sobre decoração acessível, quando encontrei um post sobre um adesivo de parede feito com contact. Dei uma lida no tutorial da Manuela e lembrei que tinha um pedaço bem grande de contact preto no meu armário, só esperando pra ser usado em algo assim. Lembrei do meu espaço atrás da porta, que eu queria muito fazer algo ali, mas que nunca encontrava algo que ficasse legal, já que fica atrás da porta. Eram 4 da manhã e assim que li o post soube que precisava botar uma frase naquele espaço.

Gastei um bom tempo pensando na frase. Ela tinha que ser curta ou não ia caber, e também me daria trabalho demais pra recortar as letras. Pensei inicialmente em "A simplicidade é o último grau de sofisticação", uma frase do Da Vinci que sou apaixonada, mas acabei me decidindo por "O essencial é invisível aos olhos", do livro O Pequeno Príncipe, que mesmo sendo um pouco batida (vamos admitir), eu gosto demais do significado dela.

Adesivo de Parede com Contact
Foto por Estilo Bifásico
Depois de decidir a frase, o próximo passo foi decidir a fonte. Entrei no DaFont e procurei por uma fonte sem serifa (serifa é aquele "tracinho" que tem nas beiradas das letras, em algumas fontes), poque ficaria mais fácil cortar, e me decidi pela fonte Fontastique, apesar do nome ridículo dela.

Medi a parede e abri uma imagem no Photoshop com o tamanho exato da parede. Fiz uma simulação pra ver qual o tamanho da fonte eu usaria, e como ela ia ficar, mas na prática isso não me serviu de nada. Acabei criando um documento do tamanho de uma folha A4 e escrevi a frase, usando o espaço disponível. Medi tudo no olho mesmo. Ia imprimir as folhas com as letras, mas aí lembrei que a impressora tava sem tinta (acho que nunca teve), e não tinha nenhuma papelaria aberta onde eu pudesse imprimir (eram 4 da manhã). Minhas alternativas eram deixar para outro dia, e provavelmente desistir no caminho, ou dar um jeito. Eu dei um jeito, obviamente, e meu jeito foi esse:

Adesivo de Parede com Contact
Como diria a minha e várias outras mães, "quem quer dá um jeito"
É, eu copiei as letras pela tela do notebook mesmo. Acabou que usei a fonte tamanho 150, mas com zoom de 50% no Office Picture Manager, o que só prova que eu jamais serviria pra ser dona de canal de YouTube de DIY. 4 da manhã e lá estava eu copiando letras pela tela do computador. O bom é que, as letras que repetem eu não precisei copiar de novo, já que eu só precisava de um molde de cada. Algumas letras também são iguais, só mudando a posição, o que poupa tempo na hora de fazer ou imprimir o molde (o "a" minúsculo da minha fonte é um "e" de cabeça pra baixo, assim como o "p" e o "d"). Depois de copiar todas as letras e cortar, fui dormir, com a esperança de que eu não desistiria no outro dia.

Adesivo de Parede com Contact


Depois desse trabalhão, era hora de passar as letras pro contact. Nessa hora é preciso muita atenção pra não cometer um erro bobo: passar as letras de forma que elas fiquem invertidas. A letra deve ser passada "espelhada", de modo que o lado preto fique com o formato adequado. Fui passando as letras pro contact aos poucos, fazendo pausas pra tomar café, conversar um pouco com alguém, entrar nas redes sociais, até que tudo ficou pronto. Não recomendo fazer tudo de uma vez, ou você pode correr o risco de ficar cansado e errar.

Uma coisa que facilitou muito pra mim fazer isso foi anotar o número de letras que eu precisava de cada uma, e ir fazendo uma letra de cada vez. Por exemplo, se a letra C aparecia 5 vezes na minha frase, eu copiava 5 letras C no contact e passava pra outra. Isso ajudou muito na hora de cortar. Quando enfim terminei de passar tudo, já estava de saco cheio de ver letras na minha frente, e deixei pra cortar no outro dia. Sabia que já tinha chegado muito longe, e depois de desenhar tudo, eu iria acabar terminando de cortar, mesmo que demorasse mil anos.

Adesivo de Parede com Contact


Fui cortando aos poucos também. Não sou dessas que pega o "pique" de algo e não descansa até terminar, faço uma coisa de cada vez, sem pressa. Fui cortando as letras que tinham menor quantidade primeiro, enganando meu cérebro pra ele ter a sensação de que já tinha feito muita coisa e faltava pouco, e consegui cortar tudo. Artimanhas que a gente aprende quando tem tendência a deixar tudo pela metade.

Terminado o corte, é hora de por a mão na massa


Uma coisa muito, muito importante: conferir a ortografia antes de colar a frase. Eu descobri que Exúpery é com Y (tinha escrito com i, que vergonha) e que faltava um acento e um pingo do i (depois descobri que na verdade tinha perdido eles). Ninguém quer ter uma frase escrito errado na parede né?

Adesivo de Parede com Contact

Pra colar a frase na parede, segui a ideia dos barbantes que a Manuela usou. Limpei a parede. Cortei tiras de barbante da largura da minha parede, pra formarem linhas, onde eu escreveria a frase. Medi as letras, somei alguns centímetros e tornei essa medida a distância entre uma linha e outra. Deu ao todo dez centímetros, e eu fui colando as tiras de barbante na parede com fita crepe, de forma que formassem pautas, tipo um caderno. Usei um aplicativo de nível, e sim, existe esse tipo de coisa (celulares vão substituir tudo um dia). O aplicativo não é muito bom, ainda mais que meu celular tem os cantos arredondados, mas quebrou o galho. Eu não sei nem riscar reto com régua, imagine colar essas tiras de barbante com o olho. As linhas ficaram assim:

Adesivo de Parede com Contact


Fiquei morrendo de medo de colar as letras e ficar muito feio, mas depois desse trabalho todo, eu precisava tentar. Comecei pelo final, a letra y, e fui colando até formar o novo do autor. Preferi começar pelo final pra não correr o risco de ficar sem espaço, e foi melhor assim, já que não ia dar pra fazer do jeito que planejei.

Adesivo de Parede com Contact

Adesivo de Parede com Contact

Algumas letras ficaram tortinhas, e eu até percebi na hora, mas arrancar contact da parede não é tão fácil quanto parece. Não tava conseguindo colar reto (tenho 0 inteligência espacial) e acabei deixando pra lá. Ficou engraçado, principalmente porque as letras parecem estar dançando. Depois de colar tudo, tirei as fitas que prendiam o barbante, e deu nisso:

Adesivo de Parede com Contact

Apesar de ter ficado um pouco torto, e a sombra do guarda-roupa estar atrapalhando, eu gostei do resultado. Quase todo mundo que entrou no meu quarto e viu a frase achou muito estranho, e só meu irmão mais velho perguntou de onde era e como eu fiz (o resto se limitou a lançar um olhar de "ata"). Quem se empolgou mesmo foi meu sobrinho, que mesmo sem conseguir ler o que estava escrito, nem entender quando li pra ele, ficou tão empolgado que me pediu pra fazer no quarto dele também. Como diria O Pequeno Príncipe, as pessoas grandes só pensam em números :)

8 comentários:

  1. OMG, FICOU FONTASTIQUE! WEUFHUWQEF (não é atoa que todo mundo reclama quando tento fazer piadas...)
    Não, mas, é sério. Engraçado que me identifiquei com muitas coisas no seu texto que não tem muito a ver com o que tu fez, mais com personalidade no processo de fazer coisas do tipo e etc. O lance de parar pela metade, e inteligência espacial.
    Aah, sério, o pior, é que coincidentemente TAMBÉM TEM UM ESPAÇO ATRÁS DA PORTA QUE EU TÔ SÉCULOS PENSANDO O QUE FAÇO COM ELE. Mas, infelizmente, não conseguiria fazer algo tão bonitinho e longo assim ç.ç desistiria, com certeza.

    Ainda bem que tu não desistiu, realmente amei. A frase é uma das minhas favoritas, aliás.
    Que invejinha.
    Bom.
    Aaah.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu achei engraçado ushaushauhsu' (não é a toa que todo mundo fala que eu rio de tudo)

      Que bom saber disso Kuroh! Sempre que vejo esses tutoriais de DIY na internet eu me sinto completamente deslocada usahusahus' Por isso nunca posto nada ensinando a fazer, mas falando como eu fiz.

      Desiste nada! Tenta que você consegue, eu também sou de desistir e consegui fazer esse :D

      Excluir
  2. GENTEEEEEEEEEEE que Lindo! Preciso fazer..
    daqui vai um google+ pra eu deixar salvo e fazer haha

    AODREI!

    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. que lindo todo o cuidado que você teve, e eu amo essa frase!
    tenho o costume de rabiscar e escrever nas paredes de casa, a minha mãe permite e minha irmã também contribui. É muito bom deixar o lugar com a nossa cara <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal que sua mãe deixa! Eu faço essas coisas meio escondida, porque aí se meus pais não gostarem, já está feito. Se soubesse desenhar bem também faria uns desenhos, mas não sei não :/

      Excluir
  4. Imagino o trabalhão que deve ter sido fazer isso! Não só recortar, mas toda a atenção pra alinhar. Mas o resultado valeu a pena, ficou lindo <3 <3 <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi xará! Eu demorei bastante tempo pra terminar, mas valeu a pena, é gratificante me lembrar da frase sempre que estou em casa <3

      Excluir

Vai comentar? Lembre-se de seguir algumas regrinhas: nada de arrumar brigas com outras pessoas, e não use palavras de baixo calão! Não diga nada que você não diria para sua avó.

Obrigada pelo comentário, vou retribuí-lo assim que puder. Volte sempre (/◕▽◕。)/