09/08/2017

DIY: Como complicar a vida em passos simples

Como complicar a vida
Foto por Oldiefan

Já que está na moda postar tutoriais, resolvi trazer um tutorial de "faça você mesmo" muito simples e fácil de seguir sobre como complicar a vida

Material:


Uma vida;
Pensamentos;
Você mesm@;

Passo a passo:


Existem várias formas de complicar a vida, algumas pessoas tendem a complicar mais, outras menos, mas no final todo mundo complica um pouco. A forma como cada um complica a vida é uma mistura da personalidade da pessoa juntamente com os passos abaixo. É claro que essa é a forma que eu uso normalmente, mas você pode adaptar de acordo com você.


A primeira coisa que você deve fazer, logo ao acordar, é botar o despertador no modo soneca. Não somente uma vez, mas de três a cinco, de preferência. Quanto maior o intervalo, mais complicada ficará sua vida. Depois da décima vez que seu despertador tocar, você vai perceber que está atrasado para seu compromisso, seja ele qual for, e que terá de levantar e fazer tudo correndo. Com sorte, sua afobação em sair de casa logo irá lhe trazer vários contratempos, como deixar o café entornar, esquecer onde deixou as chaves, não mastigar o café da manhã direito, enfim... Infelizmente não podemos controlar essas coisas, mas estar atrasado já é uma boa complicação para começar o dia. 

Logo que sair de casa, deixe seus pensamentos completamente focados no seu atraso, e lembre-se: a culpa é toda sua. Estar atrasado não é algo que "acontece", é algo que VOCÊ faz acontecer. Ao mesmo tempo, prometa a si mesmo que amanhã será diferente e que você vai dormir mais cedo para se levantar com facilidade. IMPORTANTE! Você não vai dormir mais cedo e não vai fazer diferente. No outro dia você fará exatamente a mesma coisa. Todo dia você vai fazer exatamente as mesmas coisas, sempre. Essa vai ser a base de tudo o que virá em seguida, e é disso que você deve se lembrar toda vez que a vida ficar simples demais. 

Quando estiver lidando com pessoas, você precisa se concentrar em adivinhar o que os outros estão pensando. E juntamente com isso, você também precisa esperar que eles façam o mesmo. Se comunique o mínimo possível, e se por acaso tiver a infelicidade de precisar fazer isso, faça apenas jogando indiretas e tentando dar "sinais" do que está se passando com você. Vale usar da criatividade, mas fica a dica: sinais não verbais são os que mais complicam a vida e são frequentemente mal interpretados. Use e abuse!

Em relação aos seus trabalhos, hobbies, compromissos e afazeres, questione tudo aquilo que você está fazendo. Se pergunte coisas como "para que eu faço isso?", "o que eu ganho com isso?", "qual o sentido do que estou fazendo?", "será que isso acrescenta em alguma coisa?", "qual importância isso terá daqui há 200 anos?", continue repetindo perguntas para cada resposta que você encontrar. Sua vida ainda não está suficientemente complicada, mas vamos chegar lá.

Se comparar é uma forma muito usada de complicar a vida. Eis a receita: faça uma análise minuciosa de si, pegue todos os aspectos negativos que encontrar (que são muitos, lembrando) e reserve; Encontre outra pessoa, de preferência com uma faixa etária próxima a sua (mais novos costumam ser melhores, mas vai a preferência de cada um) que tenha algumas conquistas e realizações. Faça uma análise minuciosa dessa pessoa, colha todos os aspectos positivos e descarte os negativos, deixando os "comos" de lado. Coloque-os lado a lado e compare por trinta minutos com pensamentos críticos. Ao terminar a comparação, sirva-se com sentimentos de inferioridade e culpa.

Pensamentos são parte fundamental no processo de ter uma vida complicada, logo, eles devem ficar passando pela sua cabeça o tempo todo como a música ruim que o vizinho escuta. Faça o possível para não se distrair com nada, quanto mais tempo você passar deitada olhando pro teto, melhor. Mantenha seus pensamentos focados no futuro, imaginando a pior resolução possível para tudo aquilo que você planeja. Esse é um exercício constante, mas com prática todos conseguem imaginar as piores desgraças possíveis. Para cada coisa ruim que vá acontecer com você, imagine outras dez piores em seguidas, como um dominó.

Observações: não é para pensar no ato de pensar, você não deve imaginar as resoluções negativas, você deve vivê-las agora, como o futuro definitivo que são. Essas coisas vão acontecer. Você pode e consegue adivinhar o futuro! Lembre-se de pensar que você não vai conseguir conviver com o que quer que vá acontecer e que sua vida vai parar nesse momento. Sim, vai parar. Não, não vai existir nada além. Todas essas coisas são terríveis demais.

Se está seguindo todos os passos, você deve estar sentindo certo desconforto. Talvez passe pela sua cabeça procurar ajuda profissional ou quem sabe um amigo. Ignore tudo isso, sua vida ainda não está complicada o suficiente. Entenda que esse desconforto é puramente físico e talvez (só talvez) você esteja muito, muito doente. Mas não procure um médico, conviva com a dúvida. Alimente-a todos os dias e deixe-a crescer como um bicho de estimação. A dúvida é o melhor PET para quem deseja uma vida complicada, pode ser um recurso para todas as ocasiões.

Algumas frases e palavras são coringas. Pessoalmente não costumo usar muito, mas é bom decorar e tê-las sempre a mão. Aí vai uma listinha, com exemplos de uso:

  • E se...? (E se eu for assaltada e perder todo meu dinheiro?)
  • Sempre / Nunca (Sempre me fazem de boba / Nunca consigo fazer sozinha)
  • Tudo / Nada (Tudo acontece comigo / Nada dá certo)
  • Como seria...? (Como seria se eu fosse milionária em Paris?)
  • Deveria (Eu deveria ter feito engenharia)
  • Se eu pudesse... / Se eu soubesse... (Se eu pudesse aposentar agora / Se eu soubesse que ia dar errado)

Existem várias outras coisas que podem ser feitas para complicar a vida, como acreditar que você é o centro do Universo, remoer acontecimentos negativos do passado, levar tudo com extrema seriedade, abrir mão do senso de humor... Enfim, todas essas coisas são muito efetivas e podem ser aprendidas até mesmo por conta própria. Qualquer um pode aprender a complicar a vida, independente do nível de experiência. Quanto mais prática, mais fácil fica. 

E você? Costuma complicar a vida também? Conta sua experiência nos comentários abaixo e compartilhe os posts nas redes sociais!



Estou participando do BEDA! Clique aqui para ler todos os posts do projeto
 BEDA - Se Organizar Todo Mundo Bloga

12 comentários:

  1. Eu não tenho nem palavras pra dizer o quanto eu adorei esse post AHAHA Tô quase escrevendo um desses também pela experiência em complicar coisas básicas. Gostei muito desse formato de post :)

    beijos,
    acid-baby.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHHAHA que bom que gostou!! Eu vi uma sugestão de post falando para fazer um tutorial de algo que você sabe fazer muito bem, só que eu não gosto de levar a blogosfera muito a sério (e nem minha vida, no momento). Aí pensei: o que eu poderia ensinar melhor do que isso? hahaha

      Se escrever um desses me fala que a gente junta e publica um livro :D

      Excluir
  2. Fiquei ate sem palavras, praticamente me vi nesse post. Antes eu tinha muito p costume de aumentar as coisas ruins que me aconteciam, podia ser um problema mínimo, eu ia lá e fazia com que ele se tornasse um Big problem. Passei por uma fase de comparação que meu senhor, olha, era difícil, nada era bom, nada era suficiente. Ainda bem que a gente melhora, cresce e aprende a ser grato, a mudar os hábitos e a fazer a vida dar certo. Tenho aprendido muito a viver um dia de cada vez, porque o ontem passou e nada posso fazer contra, o amanhã não existe então também não posso modifica-lo, só me resta então viver o dia de hoje e tirar o melhor proveito dele. Amei mesmo esse post. Espero que entendam o recado do texto, que as pessoas leiam e reflitam como tem tratados suas vidas.

    Beijos
    www.blogoxitocina.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse post é o resumo da minha vida! HAHAAH Eu passo por todas essas coisas, por isso a facilidade em escrever a respeito. Estou tentando encarar as coisas de forma mais humorada agora, e aí saiu esse post.

      A gente vai aprendendo a lidar com a gente mesmo né, nossas ansiedades e inseguranças.

      Fico feliz que gostou do post! Obrigada pelo carinho <3

      Excluir
  3. aaaaaaaaaaaaaa para de escrever sobre a minha vida huahua :CCCC essa é a minha rotinaaaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só se você parar de copiar a minha hahahaha

      Excluir
  4. Que post maravilhoso, só verdades

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  5. Eita... Eu me identifiquei com esse post mais do que eu gostaria - ou deveria. >.<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu tive mais facilidade pra escrever ele do que é considerado saudável hahahaha

      Excluir
  6. Que post incrível! Me chamou na real, pois eu sempre me saboto. O "e se" é constante na minha vida, acho que nem preciso do seu tutorial hahahaha. Foi um bom tabefe na cara, preciso me policiar melhor. Beijas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já está bastante avançada nessa parte, né? SHAUSHUSHSUA

      Excluir

Vai comentar? Lembre-se de seguir algumas regrinhas: nada de arrumar brigas com outras pessoas, e não use palavras de baixo calão! Não diga nada que você não diria para sua avó.

Obrigada pelo comentário, vou retribuí-lo assim que puder. Volte sempre (/◕▽◕。)/