11/08/2017

Sobre blogs de "criação de conteúdo"

Foto por Edar

Tem duas coisas que me irritam muito em blogs sobre criação de conteúdo (ou blogs sobre blogs, com dicas pra blogs, enfim...). Essas duas coisas são:
  1. Gente que mal começou na blogosfera e sai por aí dando dicas;
  2. Cagação de regra no blog alheio, disfarçada de "você só vai ter um blog de sucesso se..."

Sobre a primeira, nada soa mais irônico que post falando sobre como obter mais engajamento/comentários em um post que não tem comentário nenhum. Eu me pergunto o que passa pela cabeça das pessoas. A pessoa mal tem um mês de blogosfera e já está dando dicas pra ter "sucesso" com o blog. Ou então, como se não bastasse, ela entrou na blogosfera com um blog sobre isso. É como se eu tentasse vender para você um livro sobre vendas, sem ter vendido coisa nenhuma (exceto o livro). É a lógica de (algumas) auto-ajudas: o indivíduo tenta te ensinar a conquistar coisas, mas a única conquista dela é tentar te ensinar isso. Como dizia sabiamente Douglas Adams: "a qualidade de qualquer conselho que uma pessoa pode dar deve ser avaliada de acordo com a qualidade da vida que essa pessoa levou." A qualidade de um conselho sobre blogs deve ser avaliado de acordo com o blog que dá o conselho.

Você precisa ter experiência para compartilhar experiência, e como é que essas pessoas fazem isso sem conhecimento nenhum? O resultado é um monte de blogs com "dicas" completamente vazias que você vê em qualquer lugar, geralmente coisas como "tenha um bom layout", "seja coerente/escreva bem", "produza um bom conteúdo", enfim, coisas que qualquer ser humano que tenha entrado na blogosfera depois de 2015 já sabe sem pensar a respeito. Ninguém vai criar um blog cheio de gifs hoje em dia, isso ficou em 2011. Criar blogs já ficou em 2011, a maioria só usa mesmo o Facebook — e olhe lá.


Eu conheço excelentes blogs de criação de conteúdo que o próprio conteúdo já mostra que a pessoa tem propriedade no que está falando, mas tem alguns que me fazem sentir vergonha alheia. Não que eu seja capaz de dar dica sobre alguma coisa — cinco anos nesse mundão blogosférico e eu ainda não sei o que estou fazendo — mas a gente usa do bom senso. Meu blog não é sobre dicas, e eu me arriscaria muito se tentasse fazer isso.

Sobre o segundo item, nada me incomoda mais que certas regras para o blog ter "sucesso". Sendo "sucesso" o que der na cabeça do autor. Coisas como "use imagem da largura do post", "deixe o texto justificado", "poste três vezes por semana", "produza conteúdo útil pro leitor"... Sim, eu faço alguma dessas. Pessoalmente, acho muito mais agradável quando a imagem ocupa toda a largura do blog, mas nem sempre foi assim, nem acho que todo mundo deveria fazer. É só um blog, a pessoa faz o que tiver vontade de fazer. Postar três vezes por semana ou não, vai de cada um. E se o leitor gostar, se identificar, vai voltar pra ler. Se a ideia é ter um blog pra viver dele, como a Bruna Vieira, a pessoa está no lugar errado. Bruna, Melina (só conheço elas haha) são exceções. E ainda assim, começaram com posts alinhados a esquerda e imagem quadrada, como todo mundo fazia naquela época. Não foi essas "regras" que fizeram o blog delas chegar ao que é hoje, mas o trabalho delas, o esforço, a dedicação e o carinho que tinham pelo que faziam. Os posts antigos da Melina são uma delícia de ler. Não tem SEO, não tem palavra chave, não tem título chamativo, eram só posts sobre a vida dela. E foi o que transformou o blog dela no que é hoje. 

Se eu tivesse que dar dicas pra quem tá começando, ou até mesmo pra quem é experiente, eu daria só uma: o blog é seu, faça o que der vontade de fazer. Se quiser postar sobre seu dia, poste. Se quiser postar sobre o filme que viu, poste também. Escreveu um post maravilhoso e não consegue encaixar ele no calendário de postagens? Publique fora do calendário mesmo assim. Crie suas próprias regras e quebre elas. Escute o que os outros têm a dizer mas veja o que é melhor pra você. E — essa é a parte mais importante! — divirta-se no processo.



Estou participando do BEDA! Clique aqui para ler todos os posts do projeto
 BEDA - Se Organizar Todo Mundo Bloga

6 comentários:

  1. Olá! Tudo bem?
    Eu também concordo contigo, eu às vezes vejo pessoas que nem têm um mês na blogosfera e já está a dar dicas a pessoas que já estão mais de um ano ou dois na blogosfera. Eu fiz o meu primeiro post de dicas quando o meu blog tinha quase feito oito meses *e ainda foi um bocado cedo, devia ter esperado mais dois ou três meses*. Mas agora atualmente já não posto muito dicas para blogueiras, só mesmo aquelas dicas tipo: "Dicas para estudo", "Dicas para quando está no tédio" e etc. Coisas mais quotidianas sabe? E não importa que o blog tenha sucesso ou não, de certeza que o blog não vai ter sucesso se a blogueira não ser a sua personalidade, na minha opinião. E também há muitas blogueiras que não têm tempo para postar 3 vezes por semana *como eu, na altura de aulas*.
    Conclusão, concordo com o que dizeste neste post e que continues com o teu bom trabalho.
    Bjs! http://ice-cream-da-leno.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo contigo sobre a parte da personalidade. Eu gosto de ler blogs por causa da pessoa que escreve, se quisesse algo técnico leria um jornal/revista :)

      Excluir
  2. Batendo palmas com as mãos e com os pés huahua
    Também não entendo o que se passa com quem escreve posts de dicas, sendo que nem tem experiência. E geralmente esses posts são derivados de posts ja prontos de outros blogs!

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. USHAUSHAUSHAU são "dicas" parafraseadas de outros blogs. Fico indignada

      Excluir
  3. Vem cá e me dá um abraço.
    Tem cada publicação que eu entro que fico me perguntando.. O q q essa pessoa está fazendo? rs O que ela está falando? <3

    ResponderExcluir

Vai comentar? Lembre-se de seguir algumas regrinhas: nada de arrumar brigas com outras pessoas, e não use palavras de baixo calão! Não diga nada que você não diria para sua avó.

Obrigada pelo comentário, vou retribuí-lo assim que puder. Volte sempre (/◕▽◕。)/