15/08/2017

Tentando escrever poesia

Tudo é sofrimento
Dizia a Palavra
Que eu não compreendi
Tudo é sofrimento
Eu repeti
Ainda sem compreender
Como alguém pode resumir
Toda a beleza da vida
No ato de sofrer

E então, desvio meu olhar
À esquerda e à direita.
No rosto dos colegas
No bom dia do porteiro
Nos passantes pela rua
Eu vejo o sofrimento

Começo a compreender
Compreender o sofrimento
Compreender que sofremos
Mas não temos tempo
Não temos tempo
Para o sofrimento

Tem sempre a próxima aula
E vamos perder a chamada
E o horário de almoço é curto
E precisamos bater o ponto
Vamos perder o ônibus
Tentamos dormir cedo
E enfrentar mais um dia

E o sofrimento
Esse que está estampado
Vai ficando de lado
Porque não temos tempo

E nós
E nossos colegas
E o porteiro e seu bom dia
E os passantes pela rua
Continuam sofrendo
Porque não temos tempo

Encontramo-nos doentes
Mas não podemos parar
Porque não temos tempo

E a doença aumenta
Agrava
Consome
E não nos damos conta
Porque não temos tempo


Estou participando do BEDA! Clique aqui para ler todos os posts do projeto
 BEDA - Se Organizar Todo Mundo Bloga

6 comentários:

  1. Gostei bastante do seu poema. Ainda não tinha parado pra pensar sobre essa relação sofrimento x tempo, mas lendo seu post percebi como isso é real. E naqueles momentos em que ficamos sozinhos, pensando em muitas coisas, e parece que uma sensação estranha nos toma de repente? (Pelo menos isso acontece comigo) Será que é parte do sofrimento gerado pelo tempo(livre)? Ou é uma só uma angústia passageira?
    Bom, independente disso tudo, sempre há aquela dose de felicidade entre a doença e a correria da vida...

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa pergunta! Já diziam nossos avôs que cabeça vazia é oficina do diabo. Também costumo criar problemas quando estou com muito tempo livre, por isso tento me ocupar :)

      Excluir
  2. Amei o poema.
    Realmente quando você se mantém ocupada, você esquece um pouco os problemas.
    Tento me manter sempre ocupada, mas as vezes, como a noite, é mais complicado.

    Beijos!
    sentimentos-de--uma-garota--bipolar.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema de se manter ocupado é que sempre tem um momento que a gente não tem mais com o que se distrair, e aí tudo vem a tona. O ideal seria trabalhar em cima disso e não fugir :)

      Beijos!

      Excluir
  3. Follow the white rabbit.

    Como o coelho branco, "I'm late, I'm late for a very important date!", sempre atrasado para um compromisso que nunca chegou. É a vida, damos tanta importância as coisas que esquecemos de viver, de ouvir as pessoas, não temos tempo para nós nem para os outros.

    Acho que é como a garota bipolar disse, no vazio da noite somos obrigados a lidar com nós mesmos no silêncio, sem escapatória. Então... Espero que como a Alice, possa seguir o coelho, uma viagem interior cheia de aventuras e que seus insights possam te trazer o 42!

    Ficou muito bom seu escrito, espero encontrar mais poesias em seu espaço!

    Beijos, milady!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "sempre atrasado para um compromisso que nunca chegou" você resumiu tudo nessa frase. O interessante é que, se você for pensar, o único compromisso que deveríamos nos preocupar são nós mesmos/os outros. Invertemos os valores e o ser humano passou a ficar em segundo plano, quando deveria ser sempre a figura central da vida.

      Muito obrigada pelo carinho! Fico feliz de te ver aqui <3

      Excluir

Vai comentar? Lembre-se de seguir algumas regrinhas: nada de arrumar brigas com outras pessoas, e não use palavras de baixo calão! Não diga nada que você não diria para sua avó.

Obrigada pelo comentário, vou retribuí-lo assim que puder. Volte sempre (/◕▽◕。)/